ANATOMIA SNEAKER

ANATOMIA SNEAKER

Quando você vai em grupos de colecionadores de Sneakers , lê materias, assiste vídeos e acaba escutando ou lendo algumas linguagens diferenciadas do tipo: Toebox,Midsole,Heel … Você já se perguntou o que esses termos significam? Aqui está o nosso guia para ajudá-lo a entender e Identificar as partes que compõe os nossos tão amados Sneakers.

Vamos começar? Pra isso vamos utilizar o Icônico Jordan 1 Retro “Chicago” como modelo e, embora as partes possam variar em outros Tênis, os termos são parecidos.

TOEBOX:

O painel superior que protege os dedos dos pés: esse é o toebox. Esta é a parte que flexiona e vinca. Quando a caixa de toalete é feita de couro, ela cria marcas de vinco. É um fato da vida – a menos que você adote uma marcha robótica. Muitas vezes, são feitas perfurações na caixa de toques para ajudar na ventilação. No entanto, alguns materiais da caixa de embalagem – por exemplo, malha – respiram melhor que outros.

TIP:

Ponteira ou ponta dos dedos

EYESTAYS:

Furação dos passadores do cadarço

LACES:

Cadarços

TONGUE:

Língua do tenis

HEEL:

Calcanhar

MIDSOLE:

entresola do tenis

OUTSOLE:

Solado

QUARTER:

Painel lateral (abaixo do logo)

MUDGUARD:

Lateral do tenis na area dos dedos conhecida como paralama

SWOOSH:

Logotipo / símbolo de marca da Nike, ele é chamado de ‘Swoosh’

INSOLE:

Palmilha

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});